Mitos sobre escritórios compartilhados que você deveria esquecer

Mitos sobre escritórios compartilhados

Tudo aquilo que é novo tende a gerar dúvidas. Nessa situação, há quem busque se informar para entender, enquanto outros formam opiniões sem conhecimento. É exatamente nesse segundo grupo que se formaram os mitos sobre escritórios compartilhados que você deve esquecer.

Afinal de contas, não dá para deduzir algo com base em uma breve descrição. É preciso compreender o todo, as características e benefícios do serviço para, aí sim, formar uma opinião.

Então, vamos desmistificar certas ideias sobre os escritórios compartilhados? Você não irá se arrepender de saber mais sobre esse formato que vem ganhando cada vez mais adeptos!

O que são escritórios compartilhados?

Escritórios compartilhados são empresas que fornecem serviços de escritório. Nisso, se incluem as salas privativas e toda a sua gestão, como: limpeza, manutenção, água, luz, internet etc. Há também salas de reunião disponíveis para reserva, copa e recepção.

Perceba que se trata de uma opção bem mais completa do que um aluguel de sala comercial tradicional. Não é apenas o espaço que é cedido, mas também um conjunto de facilidades que contribuem para mais praticidade e produtividade.

Além do papel funcional, o escritório compartilhado auxilia na construção de uma imagem de credibilidade no mercado. Afinal, aspectos como um endereço bem localizado, o escritório em um prédio estruturado, atendimento presencial e telefônico personalizado, contribuem para transmitir seriedade e confiança às pessoas.

Agora, imagine ter acesso a tudo isso contratando cada serviço da forma tradicional. Não é preciso nem fazer muitos cálculos para concluir que o custo seria altíssimo, certo? É por isso que a ideia de escritório compartilhado está ganhando tantos adeptos, por democratizar o acesso a salas comerciais estruturadas e serviços de qualidade.

10 Mitos sobre escritórios compartilhados para esquecer

Agora que você já sabe o que são escritórios compartilhados, vamos para os mitos sobre o assunto que devem ser esquecidos, acompanhe!

1. Não ter uma sede própria gera desconfiança nos clientes

Você já pensou ou ouviu algo parecido sobre escritórios compartilhados? Essa ideia não tem nenhum fundamento, simplesmente porque não faz diferença para os clientes os registros relacionados ao imóvel da sua empresa. O que eles veem é o bom atendimento, a estrutura, a localização, isso sim causa impactos, e bastante positivos por sinal.

2. Não há privacidade

Se para você trabalhar em uma sala reservada é importante, sem problemas! Embora existam escritórios compartilhados em que os membros ficam no mesmo espaço, em outros há salas privativas e até com isolamento acústico.

No Virtual Office as salas são todas privativas. Assim, você tem a experiência de um local próprio sem os mesmos custos de um. Ainda há as salas para reunião com isolamento acústico para serem usadas mediante reserva.

3. É um serviço voltado apenas para empresas de tecnologia

Mais um dos mitos sobre escritórios compartilhados, é que eles são voltados apenas para startups. Por mais que os primeiros espaços criados na década 1990 realmente tivessem esse público, hoje é um serviço totalmente democrático.

Qualquer profissional que tem um escritório como local de trabalho pode migrar para um espaço compartilhado. Isso inclui advogados, arquitetos, redatores, agências de publicidade, profissionais da área da saúde e empresas dos mais diversos segmentos.

4. O custo de um escritório compartilhado é muito alto

Escritórios compartilhados que oferecem um serviço de qualidade e possuem uma boa localização, podem passar uma ideia de valor elevado. No entanto, os custos são bem menores do que se fosse arcar com todas as despesas de um espaço convencional.

O compartilhamento da estrutura entre os usuários torna tudo bem mais acessível. Então, nada de desistir sem ao menos fazer um orçamento antes e analisar a relação custo-benefício.

Mitos sobre escritórios compartilhados que precisam ser esquecidos

5. Não são locais seguros

Segurança é uma questão fundamental, especialmente em grandes cidades. Se você pensa que sua empresa estará vulnerável em um escritório compartilhado, saiba que é exatamente o contrário.

Além dos cuidados da gestão com a segurança de todo o espaço, apenas você terá acesso à sua sala. Lembra que falamos sobre a experiência de escritório próprio sem os custos? A chave da sala é sua e poderá trancá-la ao sair.

6. É apenas para freelancers

Escritórios compartilhados não são voltados apenas para freelancers. Embora haja uma grande procura por parte dessa categoria de profissional, também há empresas, incluindo de grande porte, fazendo essa escolha.

Hoje, a tecnologia possibilita o trabalho à distância. Com isso, é comum que o setor administrativo e outros que funcionem em salas comerciais sejam migrados para escritórios compartilhados.

7. As mobílias são de baixa qualidade

Escritórios compartilhados são espaços prontos para uso. Muitos afirmam que as mobílias oferecidas são de baixa qualidade. Nesse caso, é preciso ter em mente que não se trata de uma regra, tudo depende da gestão do espaço e das características do serviço.

No Virtual Office a mobília é de ótima qualidade e as cadeiras são ergonômicas, tudo para proporcionar conforto e um ambiente agradável aos usuários e seus clientes.

8. Não posso modificar nada na sala

As salas são mobiliadas para oferecer comodidade aos usuários. No entanto, é permitido realizar modificações para deixar o espaço ainda mais funcional. Talvez mudar a disposição dos móveis, inserir outros elementos que achar necessário, itens decorativos etc.

9. Não posso usar o endereço para registrar ou divulgar minha empresa

No Virtual Office, além das salas, é oferecido o serviço de escritório virtual, incluindo endereço fiscal e comercial. Dessa forma, você pode usar o endereço do escritório compartilhado para registrar o negócio junto aos órgãos competentes e em materiais de divulgação.

10. Meus clientes se sentirão desconfortáveis

Se faz parte do seu trabalho receber clientes e você tem receio de que eles se sintam desconfortáveis, lembre-se de que irá atendê-los em uma sala reservada. Além disso, se for necessário, poderá reservar a sala de reunião.

Não há nenhum risco de desconforto por parte dos clientes porque, desde o atendimento na recepção, eles serão muito bem atendidos e encaminhados para a sua sala. Na realidade, o que irá acontecer é que poderão se surpreender positivamente com a receptividade.

A melhor forma de desmistificar um assunto é buscando informações a respeito. Agora você já sabe o que são escritórios compartilhados e os principais benefícios que oferecem!