Trabalho x Satisfação Pessoal

Trabalho x Satisfação Pessoal

Viver bem, estar feliz consigo mesmo e com o meio que o cerca. Essa é uma definição resumida da satisfação pessoal. Porém, será possível alcançá-la sem possuir satisfação naquilo que fazemos?

Parte de quem somos é definida por nossa identidade profissional dentro do trabalho que realizamos para estarmos em dia com o nosso jugo social. Mas mesmo assim, há quem não enxergue a satisfação profissional como medida da qualidade de vida. Uma depende da outra, já que nossas insatisfações profissionais acabam influenciando nossa vida pessoal e vice-versa.

Natureza multilateral

As empresas já perceberam que é preciso motivar seus funcionários para fazer com que trabalhem mais dispostos e ofereçam melhores resultados. Muitas organizações entendem que a satisfação profissional influencia diretamente a satisfação pessoal de seus funcionários, mas não depende apenas delas. É uma questão multilateral: mesmo que elas ofereçam benefícios que melhorem a qualidade de vida de uns, outras pessoas nos mesmos cargos podem não se sentir igualmente satisfeitas.

Cabe a cada um de nós procurar o emprego que mais se adeque a nossa necessidade, buscando identificar se em nosso trabalho conseguimos:

  • Encontrar satisfação na função em que atuamos, seja por acreditar no que fazemos ou por acreditar que isso nos trará benefícios profissionais a longo prazo.
  • Nos sentir bem com os colegas e supervisores, pois eles são o corpo de uma instituição e fazem parte de grande parte do nosso cotidiano.
  • Perceber a segurança e estabilidade oferecida, seja pela empresa contratante ou pela firmeza dos contratos com os clientes, no caso dos empreendedores.

Obrigação gerencial

A função de gerenciamento vai muito além de delegar tarefas. No mercado empresarial atual é preciso que todos possam gerenciar, seja uma equipe ou seja a nós mesmos, e garantir as condições básicas de qualidade de vida que permitem a satisfação pessoal: motivação, alegria, comprometimento, disposição e desenvolvimento, tanto profissional quanto pessoal.

No caso dos empresários, entender e adequar o ambiente de trabalho para alcançar a satisfação pessoal de seus funcionários pode parecer fora do padrão, mas isso certamente se reflete de maneira positiva para a empresa. Funcionários felizes geram uma imagem positiva para os clientes e público em geral.

Comunique-se

Mais importante que o trabalho, sem dúvidas, é a qualidade de vida e a satisfação pessoal, pois delas dependem o seu futuro. Então faça questão de comunicar-se de maneira adequada sempre que algo profissional atrapalhar sua percepção social. Isso fará com que trabalhe melhor, o que aumenta a produtividade e beneficia a todos!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *