Maternidade e carreira profissional: saiba conciliar as duas funções

Maternidade e carreira profissional: saiba conciliar as duas funções

Maternidade e carreira profissional: saiba conciliar as duas funções

 

Quando mulheres no mercado de trabalho decide que é o momento de engravidar, elas se veem divididas entre trabalho e maternidade. Nem sempre é uma escolha fácil, principalmente quando é hora de voltar ao trabalho depois dos meses de licença maternidade.

 

Saiba que é possível desempenhar a maternidade, sem prejudicar seu desempenho profissional, e essa é justamente a dúvida da maioria das mulheres no mercado de trabalho. A começar pelo planejamento, quando você é mãe de forma planejada, você consegue identificar o momento oportuno para isso na carreira.  

 

Em segundo, avalie toda conjuntura que envolve a maternidade e seus elementos que vão sofrer mudanças com a vinda de uma criança. Assim como, condição financeira, família, vida pessoal e logística. Não adianta se planejar profissionalmente sem a estrutura necessária para a vinda de uma criança, que envolve lado emocional e financeiro.

 

Mas é possível com organização dar conta das duas tarefas sem perder o controle, principalmente se você trabalha numa área que você gosta e aprecia. As mulheres no mercado de trabalho costumam achar que optar pelos dois pode ser um peso. Não pense por este lado, pode ser que um tempo depois você ate se culpe por não ter ficado em tempo integral com o bebê. Isso não é saudável.

 

Confie nos cuidados do seu filho, é muito comum mães não se concentrarem com medo do que pode estar acontecendo com a criança e os cuidados que ela recebe. Mesmo com a quantidade de notícias e histórias maldosas, é necessário buscar pessoas e instituições sérias para cuidar dele (a). Se possível confie esta função a um familiar, principalmente na fase infantil.

 

Quando estiver com o bebê dedique seu tempo verdadeiramente a ele, não em quantidade de horas com a criança, sim nas atividades que fizerem juntos, com brincadeiras e refeições animadas e agradáveis. Utilize esse tempo a seu favor para compensar o período longe.

 

Não se culpe pela ausência, tenha em mente que seu trabalho é o que traz valor à sua família. Seu filho terá orgulho de você ter optado pelas duas funções. Ele vai crescer e entender que o tempo longe foi para propiciar uma estrutura de vida positiva para ele (a).


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *