Faça as Contas e Tenha um Bom Ano

Faça as Contas e Tenha um Bom Ano

Definir um orçamento coerente é o melhor caminho para ter um ano de sucesso nos negócios

Ser empreendedor implica em muitos desafios. Não basta ter uma boa ideia e um certo capital para dar início ao projeto. É preciso muito mais. Quem já trilhou este caminho sabe bem do que estou falando. Além do sonho de ter um negócio próprio e disposição para trabalhar muito, é preciso buscar informações sobre diferentes áreas – legislação trabalhista, tributos, relações bancárias e com consumidor, tecnologia, e outras tantas. A lista é grande, as margens nem tanto.

Mas quem busca esse caminho, em geral, tem um propósito que ultrapassa a fronteira da questão financeira. Em geral, o fator que motiva esse movimento tem relação com traços de personalidade – são pessoas que gostam do desafio, que querem trabalhar com mais liberdade de ação, que têm um projeto que não encontrou espaço para ser realizado nas instituições onde trabalhavam. Até por isso, para que a condição de empreendedor e “dono do seu nariz” possa ser mantida, pensar na saúde financeira do seu negócio é fundamental.

Em mais de 20 anos como executiva em um segmento no qual acompanho muito de perto pequenos e médios empresários e, claro, empreendedores em seus primeiros passos, sei que contar com uma boa estrutura de apoio e tomar certos cuidados fazem toda a diferença. Uma iniciativa importante e pertinente com esta época do ano é a de estabelecer um bom orçamento.

Não importa o seu tamanho: organize-se. Analise como foi seu ano anterior, como foram suas vendas, que parcerias resultaram em bons negócios, que praças responderam melhor, onde houve desperdícios que podem ser evitados nesse novo ciclo. Planeje os próximos meses com um caixa realista e faça previsões realistas, ou seja, metas que o mercado sinaliza como possíveis de serem alcançadas. Defina quanto e em que meses irá investir em ações de marketing, em tecnologia, deixe uma margem para imprevistos. Se for necessário tomar crédito, avalie bem onde encontrar os melhores recursos para a sua realidade, as melhores taxas e custo benefício.

Busque ajuda

Quem está começando ou optou por ter uma operação enxuta, precisa ter foco e não pode desperdiçar – nem tempo, nem dinheiro. Avaliar os custos de sua operação e ponderar o que vale a pena e o que agrega valor à sua operação são essenciais.

Na área em que atuo, esse exercício é uma rotina contínua. Como gestora de escritórios virtuais estruturados para prover soluções completas e customizadas aos mais diferentes perfis de clientes, meu desafio de pensar e criar espaços funcionais, com serviços de apoio – desde secretárias, estrutura de telefonia, tecnologia, assessoria jurídica e contábil é diário.

Não arrisque seu futuro por falta de conhecimento. Busque informação e organize sua agenda empresarial para ter um bom ano. Estabeleça-se em um bom ambiente de trabalho, bem localizado, que lhe traga praticidade e apoio operacional na medida do que você precisa e pode remunerar. Assim, você poderá dirigir seu esforço no caminho certo e, consequentemente, conquistar bons negócios.

(*) Mari Gradilone é diretora do Virtual Office.

Este texto foi publicado no Portal da Administração


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *