Em Busca de Uma Agenda Mais produtiva

26. novembro 2014 Boletim VO 1
Em Busca de Uma Agenda Mais produtiva

Gestão de tempo é um tema que tira o sono de muitos profissionais. Teoricamente, a rotina está organizada. Ao chegar no escritório, a vida se complica. Telefonemas, colaboradores se revezando na porta com suas dúvidas, queixas e questionamentos, reuniões inesperadas, emergências reais e fantasiosas. Tudo ao mesmo tempo agora. O relógio avança, o dia termina e o que estava na pauta continua ali, agora, esperando para ser feito no dia seguinte. O pior de tudo é a sensação de improdutividade, de voltar para a casa exausto sem ter concluído uma única tarefa se quer. Isso mata não só a agenda de um profissional, mas o seu rendimento e sua motivação.

 Muitas organizações já perceberam que não conseguem administrar certos projetos com esse ritmo e estão em busca de soluções. Não raramente somos procurados para alocar espaços  para que algum profissional ou um pequeno grupo consiga se isolar e, assim, se concentrar em um determinado tema ou projeto. É interessante observar como aquela vocação inicial de sermos um lugar que alugaria salas para profissionais autônomos realizarem suas reuniões vem assumindo uma atuação cada vez mais sofisticada e de funcionalidade inteligente ao invés de somente prática.

O segmento de escritórios virtuais precisa, cada  vez mais, estar atento aos movimentos sociais e às novas demandas do mundo dos negócios para conseguir responder rapidamente às necessidades que o mercado traz. Também o público de home office é um crescente no país e com perfil diversificado. Além dos profissionais liberais, alguns vinculados a empregos formais começam a ter esse sistema de trabalho por diferentes motivos, desde a necessidade de proporcionar uma maior qualidade de vida e condições de melhor produtividade ao colaborador até a necessidade de economia com estrutura e manutenção de equipamentos de algumas organizações. Precisamos estar prontos para também receber esse público que, em algum momento, pode precisar de um ambiente externo para realizar uma reunião.

 Dinâmico e exigente, o mercado sinaliza as novas demandas. Empresas que precisam de endereço em capitais para montar filiais de suas operação matriz, startups que precisam de endereço fiscal para dar início às suas atividades, novos empreendimentos chegando no país, profissionais lançando-se em carreira solo. Cada um com suas peculiaridades, seu momento econômico, um perfil de atuação e pacote de serviços desejado. É nosso papel ser um provedor completo, flexível, capaz de levar soluções customizadas e de fazer movimentos no sentido de acompanhar os novos ventos. O mundo muda e nós precisamos seguir ao lado de quem busca ser produtivo e se empenha para vencer os desafios.

(*) Mari Gradilone – sócia-diretora do Virtual Office.

Este texto foi notícia no Jornal O Estado


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *