Você Conhece o Conceito da Liderança Compartilhada?

Você Conhece o Conceito da Liderança Compartilhada?

Hoje em dia o ambiente corporativo está mais propenso a ter relações menos exaustivas entre chefes e subordinados. A liderança compartilhada é uma tendência, já seguida por muitas organizações, onde a relação entre chefe e funcionários não é um embate de quem ordena mais, quem obedece, e sim um espaço para todos terem autonomia profissional.

Essa gestão participativa já é uma realidade, faz com que os funcionários consigam um protagonismo dentro da empresa e autoridade para lidar com certos assuntos e atividades, que antes não eram dadas por uma simples questão de hierarquia. Mas como fazer esse novo perfil de gestão dar certo dentro do seu negócio?

Abra um diálogo com seus funcionários e fale sobre a liderança compartilhada, aborde com eles a ideia de fazer com que a empresa trabalhe de forma mais comunicativa, com a equipe entrosada e disposta a incorporar uma relação mais flexível no ambiente de trabalho. Para isso, vai ser necessário contar com a colaboração de todos, não terá uma fiscalização, cada um vai se auto responsabilizar para que as coisas aconteçam.

O fato de os funcionários terem voz ativa no que diz respeito a suas atividades já é um grande impacto para eles, o reconhecimento dentro da empresa é algo que traz satisfação e engajamento, por isso é cada vez mais comum ver esse perfil de gestão sendo implantado nas organizações. Questione- os com algum tempo sobre o que mudou e o que ainda pode ser melhorado.

Acredite, você como gestor deve ser o primeiro a acreditar nessa estratégia, muitos fracassam por achar que esse perfil de gestão é bem sucedido na teoria, e não na prática, quando na verdade todo o segredo da liderança compartilhada está no diálogo e no compartilhar com o outro.

Seja parceiro de empresas que também adotaram o método, assim você terá com quem trocar as experiências que deram certo e as que não deram tanto assim, o objetivo é promover essa rede de troca e fazer com que a gestão participativa agregue pontos para a empresa e alerte os pontos negativos para quem também aplicar.
Por fim, redistribua as funções, cada funcionário pode responder pela área que tem maior desenvoltura, essa mudança reflete em todo o processo, as pequenas mudanças transformam a equipe num todo e te dá oportunidade de ver quem se destaca (ou não) em determinada atividade, criando um grupo autônomo, num ambiente flexível, que saberá conduzir todo o trabalho na sua presença ou ausência.

Siga o Virtual Office!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *