Como um Freelancer Deve Administrar o Tempo?

Como um Freelancer Deve Administrar o Tempo?

A modalidade de trabalho freelancer cresce no Brasil. Inclusive, já ultrapassou a Argentina em número de profissionais do tipo. Dados também afirmam que a cidade brasileira que mais os comporta é São Paulo, seguida de Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Em perspectiva mundial, o Brasil se destaca ao lado de EUA, Austrália e índia como um dos países que mais contrata.

Ser freelancer já não é mais uma novidade tão grande assim. O tipo de negócio tende a crescer porque rompe barreiras entre um país e outro. Significa que o freelancer não precisa, na maioria das vezes, comparecer a empresa e, através da internet, pode realizar seu trabalho. No entanto, a necessidade do tempo ser bem administrado não deve ser deixada de lado. Aqui, seguem dicas que auxiliam nessa tarefa:

Definir prioridades: urgência x importância:

Nem sempre as tarefas importantes possuem urgência. Numa folha de papel, a semana deve ser planejada. Assim que as janelas (horários que não comportam nenhuma função necessária ao crescimento profissional ou pessoal) forem estabelecidas, encaixe as atividades que não são nem importantes, nem urgentes. É importante também que ambas não sejam realizadas simultaneamente, as chances de existir grande ocupação e pouco resultado, são grandes.

Carteira assinada e freelancer: como dividir o tempo:

É essencial que, novamente, exista um planejamento. No entanto, agora é hora de mapear o tempo disponível para os freelas. O trabalho com carteira assinada possui sua importância porque, geralmente, oferece maior segurança aos trabalhadores, porém, ser freelancer também possui seus benefícios e, além disso, existe uma empresa ou cliente aguardando pela sua produção. Através da planilha (a maneira mais adequada de organizar horários) o profissional poderá resolver a quantidade de demanda que cabe nas horas vagas. O tempo livre não deve ficar para depois, sobrecarregar-se não é interessante.

Cronometrar a quantidade de tempo para cada demanda:

Cada freelancer precisa ter uma estimativa de minutos, horas ou dias para cada tarefa. Cronometrar ajuda a selecionar quais trabalhos são interessantes e quantos pode realizar naquela semana, quinzena ou mês. Quando este cronômetro for combinado à planilha de tempo, o especialista poderá definir se pode acatar a mais de um freela ou se deve deixar esta modalidade por um tempo.

Metas pessoais aumentam a produtividade:

As pessoas que trabalham por produtividade precisam se observar para definirem quando ou de qual forma melhor executam esta finalidade. Algumas, precisam de pausas mais longas e outras se esperarem mais de 30 minutos, perdem o raciocínio e o foco. Além de estabelecer esses picos, algumas pequenas metas auxiliam e impulsionam. Por exemplo, assim que uma tarefa for concluída no tempo adequado, o freelancer pode se presentear com mais minutos de folga, ou o resto do dia ou, ainda, fazer atividades de lazer.

Siga o Virtual Office!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *