Como os jogos olímpicos estão impulsionando os negócios no Rio de Janeiro

Como os jogos olímpicos estão impulsionando os negócios no Rio de Janeiro

Os jogos olímpicos estão impulsionando os negócios no Rio de Janeiro

 

A Copa do Mundo em 2014 foi a porta de entrada para milhares de novos empreendedores no Brasil, principalmente nas cidades onde havia jogos marcados. Neste ano com as Olimpíadas não será diferente. Como os Jogos Olímpicos estão impulsionando os negócios no Rio de Janeiro?

 

A abertura dos Jogos Olímpicos está marcada para o próximo dia 05 de agosto, está sendo esperados 10.903 atletas, de 204 países diferentes. Entre voluntários já soma- se 45 mil, além do público, foram disponibilizados sete milhões de ingressos à venda. O grande número de pessoas anima os organizadores dos Jogos Olímpicos e os empreendedores que já prestaram ou prestarão serviços para o evento.

 

O mercado que está aberto nos jogos, principalmente no Rio de Janeiro, é gigantesco. As obras públicas vão atrair novos investidores, com isso irá beneficiar milhares de micro e pequenas empresas no Brasil. Desde equipamentos esportivos a aluguel de barcos, a lista de negócios só aumenta e são variados os tipos de serviços e produtos.

 

No mesmo caminho de outros países, os Jogos Olímpicos são propostos justamente para promover as modalidades de esporte e o desenvolvimento local, no caso o do estado do Rio, que receberá turistas e atletas do mundo todo.  Consequentemente todos irão consumir durante os dias de estadia na cidade maravilhosa.

 

Os mercados mais beneficiados economicamente é o de alimentação, hospedagem e turismo. O turismo no Rio já é um dos mais apreciados do país, nesta época a tendência é que os espaços recebam muitas visitas. Gerando economia para quem trabalha nestes locais, seja vendendo água ou ingressos para as atrações turísticas.

 

Segundo o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), as áreas que mais têm e terão demandas durante os jogos são os barcos de apoio, brindes, confecção de uniformes, cabeamento elétrico, lavanderias, produção audiovisual, construção civil, móveis, gráficas e softwares.

 

Para a instituição, assim como a Copa do Mundo de 2014, as Olimpíadas deixarão um forte legado econômico e social para os micros e pequenos empreendedores. Sendo possível a abertura do negócio para o mercado externo, não apenas nacional.

 

Há poucos dias de iniciar os jogos e a especulação turística já começou, entre equipes esportivas e turistas, a cidade do Rio do Janeiro já recebe pessoas de todos os cantos do mundo, dispostos a conhecer a cidade, consumir, e logo, beneficiar a economia. É dessa forma que os Jogos Olímpicos estão impulsionando os negócios no Rio de Janeiro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *